Preparado para os gastos de início de ano?

Preparado para os gastos de início de ano?

A empolgação com o período de Festas e férias pode tirar do foco os tradicionais gastos de início do ano. Mas, com determinação e planejamento, saiba que é possível começar o ano novo no azul, sem grandes dores de cabeça.

Negocie à vista tudo o que puder

Use o 13º salário para negociar bons valores no pagamento à vista. Tanto o IPTU como o IPVA podem ser pagos com desconto, se forem quitados em uma única parcela. A lista de material escolar também entra na conta.

Apenas cuidado para não gastar tudo e ficar sem reservas para eventuais emergências. Saiba diferenciar os gastos inevitáveis dos adiáveis, para conseguir estabelecer prioridades nessa época do ano.

Atenção para o alongamento de dívidas

Parcelar todas as despesas é uma ideia bastante sedutora, principalmente se não há disponibilidade financeira imediata. Mas lembre-se que essas parcelas comprometerão o seu orçamento por um período que pode ser extenso

Parcelar todas as despesas é uma ideia bastante sedutora, principalmente se não há disponibilidade financeira imediata. Mas lembre-se que essas parcelas comprometerão o seu orçamento por um período que pode ser extenso.

Aqui o efeito bola de neve é um clássico: novas despesas (muitas vezes emergenciais) surgem ao longo do ano e, somadas aos parcelamentos alongados, levam os consumidores a altos níveis de endividamento.

No lugar de parcelar dívidas, “parcele” a poupança

Já parou para pensar que sempre é possível encontrar um espaço no orçamento para mais uma pequena prestação, porém o mesmo não acontece na hora de formar poupança?

Lançado o desafio: some todos os gastos típicos (material escolar e uniforme, IPVA, IPTU, viagem de férias etc.) e divida em 12 parcelas mensais fixas. Este deverá ser o valor a ser poupado todos os meses

Lançado o desafio: some todos os gastos típicos (material escolar e uniforme, IPVA, IPTU, viagem de férias etc.) e divida em 12 parcelas mensais fixas. Este deverá ser o valor a ser poupado todos os meses. Assim, o seu 13º salário e outros rendimentos extras poderão ser destinados a outras finalidades.

Ano novo, planilha nova

Aproveite as resoluções de Ano Novo e reveja o seu orçamento no detalhe, para conseguir espaço para honrar com o pagamento dos gastos de início de ano. Divida suas despesas em fixas, variáveis e extras, sendo que essa última é mais fácil de mexer no curto prazo.

Abra mão das despesas supérfluas, sobretudo os chamados gastos invisíveis, como o cafezinho e o chocolate depois do almoço, o happy hour com amigos, refeições fora de casa, cinema, serviços de vallet etc.

Tenha disciplina para não gastar mais do que o teto que estabelecer para cada grupo de despesas. Sendo mais conservador com algumas contas nesse início de ano, será possível manter a saúde financeira também ao longo nos próximos meses e anos.